26 de janeiro de 2012

"Quem você é?"

Nas antigas brincadeiras, longe dos equiparatos tecnológicos e eletrônicos, até para quem não "viveu" essa época, a maioria das brincadeiras consistiam em pular corda, elástico, caracol riscado de giz, futebol com copinho de yakult, pega-pega, ... E tinha as dinâmicas em grupo. Brincar de super-heróis.
Estava tentando me lembrar quem sempre eu gostava de escolher ser.
- Indiana Jones
- Ayrton Senna
- Super Homem (e usava constantemente a visão com raio laser!)
- Goleiro Gilmar (SP)
- Cobrador de faltas Neto
- Goleador Zico
- Mark Price (jogador da NBA, excepcional em bolas de 3 pontos) e, nacional, o Marcel Potkwar.
- Sherlock Holmes
- Boris Becker (tênis)
- Graças a Deus, em bandas de música nunca fui nenhum Menudo, New Kids e afins. Aliás, acho que sempre eu fui o Elvis! hahaha
Engraçado. Eu nunca necesariamente era o "melhor". Nas dinâmicas de solucionar problemas e mistérios, o Magyver era melhor que o Indiana Jones. Assim como no tênis, que o Ivan Lendl era melhor que o Becker! O Jordan, Magic Johnson era melhor que Mark Price..
Bons tempos que as brincadeiras no quintal eram inofensivas, não maliciosas e livres de qualquer tecnologia.

Um comentário:

Gisa disse...

Eu nunca brinquei de super-heròi... mas pulei muita amarelinha e caracol. Juro que fui eu que inventei, ao menos na minha cidade, a brincadeira do elàstico, mas ninguem acredita. Mas tanto è verdade que em minha cidade se pula elastico diferente de outras cidades, ou seja, como EU INVENTEI, mas enfim, ninguem acredita. Acho que foi nessa fase que comecei a me isolar... que decepçao! rsrsrs

Uma das minhas brincadeiras favoritas era uma que se chamava "rela". Eu nao corria muito, mas adorava 'grudar' na bananeira, que era o (nao lembro como chama, era o lugar onde nao valia se te "relassem"). Desculpa a descriçao meaboca, mas me fogem as palavras... rsrs